Notícias

Artigo de Imprensa / 08 Abr 2021

Hovione renova e atribui novas bolsas de estudo a alunos do Técnico

Técnico Lisboa Online, 8 de abril 2021

Dois alunos já apoiados em anos anteriores viram este apoio ser renovado, e mais duas alunas juntarem-se ao leque de bolseiros do programa “Hovione Solidária na Educação”

Não foram nada parcas as palavras de agradecimento proferidas pelos quatro alunos apoiados este ano letivo pela Hovione na cerimónia de assinatura dos contratos de bolsa que decorreu na passada terça-feira, 30 de março. Inês Martins, aluna de Engenharia Biomédica, e Gilda Carvalho, aluna de Engenharia Química, são as novas alunas apoiadas pela empresa farmacêutica; Ricardo Dias e Ana Oliveira, ambos alunos de Engenharia Química, renovam as bolsas atribuídas já desde ano letivo de 2017/2018. Cientes do valor deste apoio, os bolseiros usaram o tempo de antena que lhes foi concedido na cerimónia virtual- contornando o nervosismo que tende a caraterizar estes momentos- para expressar o seu agradecimento para com a empresa mecenas.

“Sou bolseira da Hovione desde o primeiro ano, o que para mim é um grande privilégio. A Hovione está a promover o meu ciclo de estudos, permitindo um grande alívio financeiro aos meus pais e estou muito grata por isso”, vincou Ana Oliveira. “Foi definitivamente até agora um prazer e um orgulho ter esta bolsa que me aliviou e muito os custos de ser um aluno deslocado. Este apoio permitiu-me focar apenas na universidade e por isso ser capaz de me dedicar mais, algo que se tem vindo a refletir nas minhas notas”, referiu, por sua vez, Ricardo Dias.

Apesar de este ser apenas o primeiro ano em que vai receber a bolsa de estudo, Gilda Carvalho já é capaz de adivinhar o impacto que terá na sua vida e foi isso mesmo que fez questão de transmitir na sua intervenção. “Sempre me considerei muito afortunada por poder continuar a estudar, poder fazê-lo no Instituto Superior Técnico e dou muito valor a todos os sacrifícios que a minha família fez para que tal pudesse acontecer e até hoje nada me faltasse. Mas também tenho sentido muita vontade de retribuir esse esforço e começar a criar a minha independência e isso vai ser possível com esta bolsa e será uma grande ajuda”, referia a aluna. “Além disso, ser bolseira irá ajudar a manter a minha motivação e organização em mais um semestre atípico, por isso a oportunidade não podia ter vindo em melhor altura”, acrescentou.

“Um sentimento de alívio e felicidade extrema”, invadiu Inês Martins quando soube que seria bolseira da Hovione. “Senti que o meu mérito e o meu esforço estavam a ser reconhecidos”, disse a aluna. “Por outro lado, veio também motivar-me ainda mais a ser uma boa aluna, a lutar pelos meus sonhos e nos meus objetivos, permitindo-me então focar-me na minha formação”, adicionou ainda a aluna de Engenharia Biomédica.

As palavras dos bolseiros tocaram o Dr. Sebastião Villax, representante do Comité de Mecenato da Hovione, como o próprio confessou na sua intervenção. “Sinto que foram tiradas lá do fundo e agradeço-vos imenso por isso”, disse. O representante da Farmacêutica sublinhou que para a empresa “as universidades portuguesas são a maior fonte de capital humano” e “cruciais no desenvolvimento e mais tarde no sucesso profissional dos seus estudantes”. “O Instituto Superior Técnico é uma grande prova disso mesmo, é uma instituição reconhecida não só a nível nacional, mas altamente prestigiada a nível internacional. Acho que o Técnico forma os melhores e as melhores que são, pois claro, de enorme valor para a Hovione”, afirmou. Por isto, através destas bolsas, a farmacêutica pretende “reconhecer esta importância que o ensino superior português tem no sucesso destes estudantes, apoiando estes os alunos de áreas de conhecimento próximas da nossa atividade para que não tenham obstáculos para serem excelentes”,como salientou Sebastião Villax que desejou aos bolseiros “os maiores sucessos, que claramente estão ao vosso alcance”.

O professor Alexandre Francisco, vice-presidente do Técnico para os Assuntos Académicos, também não deixou escapar a oportunidade de, ao abrir a cerimónia, agradecer este contributo e iniciativa da Hovione em apoiar os alunos, reconhecer o seu mérito e contribuir para o seu sucesso. “É muito importante para nós ver reconhecido não só o mérito dos nossos estudantes, como também ver estas iniciativas que apoiam especialmente alunos que de outra forma teriam maiores dificuldades em continuar os seus estudos, muito em particular nesta altura de pandemia em que dificuldades tendem a aumentar”. “Tenho a certeza que os nossos alunos vão aproveitar ao máximo estas bolsas”, finalizou.

Na cerimónia virtual participaram também o engenheiro Hélder Delgado, Sustainability Specialist da Hovione, a presidente do Departamento de Engenharia Química (DEQ), professora Teresa Duarte, professora Isabel Marujo, vice-presidente do DEQ para os Assuntos Científicos, e a professora Cláudia Lobato da Silva, coordenadora adjunta do Mestrado Integrado em Engenharia Biomédica e Isabel Gonçalves, coordenadora do Núcleo de Desenvolvimento Académico (NDA).

https://tecnico.ulisboa.pt/

Também em Notícias

Notícias / 04 Maio 2021

Somos COVID SAFE

A Gertal recebe a renovação da certificação COVID SAFE